Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Início > Artigos

Artigos

  • Drummond e o futebol

    Chumbo Gordo, em 14/12/2022

    Quero recordar alguns episódios dos tempos de cronista do Drummond, vascaíno doente e mais doente ainda torcedor do Atlético Mineiro. Ele acompanhava com grande interesse a seleção brasileira de todas as Copas disputadas a partir de 1958?

  • A democracia venceu

    O Globo, em 13/12/2022

    Era para ser uma simples diplomação dos candidatos eleitos a presidente da República e vice, como sempre acontece antes da posse formal. Mas, como não estamos em tempos normais, acabou sendo uma cerimônia de exaltação à democracia e, também, de advertência aos que insistem em tumultuar o processo normal de transição de um governo ao outro.

  • Tempo de Chegança

    Os Divergentes, em 13/12/2022

    Advento é sinônimo de Esperança - a esperança da chegada do Menino Salvador. Ainda se faz, em muitos lugares do Brasil, as cheganças, visitas com autos e danças que elevam as expectativas do novo tempo.

  • Para que serve a cultura?

    O Globo, em 12/12/2022

    A gente sabe muito bem que a eleição recente de Luiz Inácio Lula da Silva foi, em parte, resultado de certas circunstâncias. Ele obteve os votos de seus parceiros do PT e os de seus permanentes eleitores; mas também, em parte, os votos daqueles que quiseram interromper o avanço insano do país em direção à autocracia fascista. Mais ou menos o mesmo fenômeno político que elegeu Jair Bolsonaro em 2018, com o sinal trocado.

  • Orçamento secreto na berlinda

    O Globo, em 11/12/2022

    O orçamento secreto do Congresso está em discussão tanto no Supremo Tribunal Federal (STF), que definirá se é constitucional, quanto no Tribunal de Contas da União (TCU), que autorizou um pedido do governo para deixar fora do teto despesas obrigatórias da Previdência. O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, procura ressaltar a todo momento que a PEC da Transição, que permite um gasto bilionário fora do teto, não é de seu governo, mas sim do de Bolsonaro, que fez um orçamento fictício onde não cabem o Bolsa Família de R$ 600 e mais R$ 150 por criança de até 6 anos, e nem gastos correntes, como despesas do INSS com aposentadorias e outros benefícios previdenciários, que chegaram a R$770, 4 bilhões.

  • Fim de linha

    O Globo, em 08/12/2022

    O choro do presidente Bolsonaro na segunda-feira, na cerimônia de fim de ano das Forças Armadas no Clube Naval de Brasília, significa o fim de uma tentativa golpista que deu errado. Assim como deu errado a manobra do presidente peruano deposto, Pedro Castillo, preso depois de tentar fechar o Congresso e decretar 'estado de emergência' no país. A perspectiva de que o mesmo aconteça no Brasil é uma assombração para Bolsonaro, que continua deprimido depois da derrota eleitoral e da frustração de seus instintos autoritários.

  • Limites à gastança

    O Globo, em 06/12/2022

    A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da Transição, tachada pela oposição de 'PEC da Gastança', começa a ser analisada amanhã pelo Senado, que definirá sua forma definitiva. As PECs precisam ser aprovadas nas duas Casas (Câmara e Senado) por maioria qualificada, três quintos dos componentes de cada uma, em duas votações. Tudo com o objetivo correto de dificultar mudanças constitucionais frequentes. Apesar disso, já foram feitas 125 mudanças desde que a Constituição foi promulgada em 1988.

  • Pedras no caminho

    O Globo, em 04/12/2022

    A crise originada pela politização dos militares pelo presidente Jair Bolsonaro, com o objetivo de permanecer no poder de qualquer maneira, fosse pelo voto - o que não aconteceu por muito pouco -, ou através de um golpe político-militar, parece estar sendo superada desde que o presidente eleito, Lula, deixou vazar que o ex-deputado José Múcio Monteiro será o novo ministro da Defesa.

  • Cadê elas?

    O Globo, em 04/12/2022

    Bem que eu gostaria de conhecer uma dessas brasileiras que estão renovando a cabeça de nossas mulheres, produzindo novas ideias políticas e adquirindo experiências inéditas nesse terreno. Gente como Simone Tebet ou Marina Silva, que têm o que dizer de nosso processo político e sabem muito bem como ele se dá. Gente que já tem uma experiência respeitável na área e pode ocupar um ministério ou um outro posto decisivo na consolidação democrática do país. Gente que pode um dia se tornar presidente ou governadora ou coisa parecida, ocupando um cargo para o qual foi eleita um dia com exclusividade.

  • Todos juntos, vamos

    Chumbo Gordo, em 02/12/2022

    Há os que veem, no mar de camisas amarelas que estão por toda parte - nos estádios do Qatar como em nossas ruas - o símbolo de partido que concorreu nas últimas eleições. O que, perdão, não faz sentido, por serem as cores do Brasil?

  • Desmontando armadilhas

    O Globo, em 01/12/2022

    O governo Lula, que nem mesmo começou, já está tendo de apagar um incêndio na área militar. Tudo indica que está tendo sucesso. Os comandantes das três Forças - Exército, Marinha e Aeronáutica -iniciaram um movimento conjunto para sair de seus postos antes mesmo que Lula assumisse a Presidência da República. Um fato gravíssimo, pois não há outro motivo para essa substituição prematura que não seja a explicitação da rejeição dos comandantes ao sucessor eleito.

  • A Universidade do trabalhador

    Chumbo Gordo, em 01/12/2022

    Uma ideia que anima o espírito do vice-presidente Geraldo Alckmin é a da criação da Universidade do Trabalhador, que já andou há tempos pelo nosso país. Sabemos que o presidente Lula tem simpatia pela iniciativa.

  • Hora de parar

    O Globo, em 29/11/2022

    A revolta que a aparição do deputado Eduardo Bolsonaro no jogo do Brasil contra a Suíça na Copa do Mundo do Catar provocou em bolsonaristas nas redes sociais mostra bem o clima delirante em que se envolvem os que buscam um 'terceiro turno' da eleição presidencial, acampando em tomo de quartéis, reivindicando uma intervenção militar para evitar a posse do presidente eleito Lula em l2 de janeiro. Sentiram-se abandonados pelo filho Zero Três de Bolsonaro, entendendo que ele estar vibrando com o futebol do Brasil no Catar é sinal de que nada acontecerá no país nos próximos dias. Mas é preciso que esses lunáticos parem de agir como guerrilheiros, perseguindo seus supostos inimigos pelo mundo afora.

  • Os Corações da Democracia

    Os Divergentes, em 29/11/2022

    A democracia tem dois corações: o sistema representativo e a liberdade de imprensa.

    Afonso Arinos, certa vez, quando conversávamos sobre a Constituição americana e a formação do Senado, lembrou que a questão se colocara desde a abertura dos debates da Convenção de Filadélfia, no dia 29 de maio de 1787, inserida pelo Projeto de Virgínia. Todos concordaram com a ideia de duas casas, à maneira inglesa. A grande dúvida era como conciliar o poder dos grandes e dos pequenos Estados. Na sua primeira Constituição cada Estado tinha poder igual, uma das razões de seu fracasso.

  • É preciso saber viver

    Blog Chumbo Gordo, em 29/11/2022

    Erasmo repetia o refrão 'é preciso saber viver'. E ele soube, apesar da cara de mau. Era grandalhão, rebelde, mas os amigos sempre o classificaram como um 'gigante gentil'?