Início > Publicações > Discursos Acadêmicos (Tomo VII, 2011. 1154 pp.)

Discursos Acadêmicos (Tomo VII, 2011. 1154 pp.) (2015)

Essa publicação faz parte da coleção Discursos Acadêmicos

Em respeito à periodicidade das últimas publicações, estes Discursos Acadêmicos alcançam agora o Tomo VII, abrangendo quinze anos de atividade (1996-2011).

Trata-se de uma obra que, inspirada pela arte retórica, dedica-se à tessitura dos discursos de recepção e de resposta, marca indelével desta Casa, fundada em 1897, pelo ilustre escritor e orador Machado de Assis.

Para tanto, oportuniza-se a leitura de textos que iluminam aspectos da vida e da bibliografia dos novos Confrades, bem como estes são convidados a reverenciar, através de seus textos, a memória dos predecessores de sua Cadeira. Uma prática salutar que traz em si mesma a possibilidade de mirar a nossa história – da Academia Brasileira de Letras e, sobretudo, do Brasil – não com os saudosos olhos do passado, mas com o crítico pensar do presente.

Especialmente, há de se apreender neste sétimo Tomo, que se inicia com a recepção de Dom Lucas Moreira Neves, em 1996, e se encerra com a posse do jornalista Merval Pereira, em 2011, para além das letras ficcionais, a crença humanística, artística, na coexistência da tradição acadêmica com a dinâmica vida em sociedade, resultando desta união a liturgia da palavra e uma irrevogável fé nas ideias.

 

Fica, pois, definitivamente desfeita a imagem de uma Academia enclausurada num passadismo estéril: nossa Casa, como o Jano mitológico, se abastece do passado, fomenta o presente e nutre o futuro. É justamente pelo intuito de superar as amarras temporais que a Academia se firma como um reduto digno e superior da imortalidade. Leia a obra 

Rio de Janeiro, novembro de 2011 
Marcos Vinicios Vilaça
Presidente da Academia Brasileira de Letras

Ficha da Obra

Ano: 
2015