Início > Noticias > Diretoria da ABL, reeleita no dia 1º de dezembro, toma posse nesta quinta-feira, dia 15, no Petit Trianon

"ABL cultiva bom convívio entre convergência e divergência e continuará fiel a esse norte de equilíbrio democrático", afirma o Presidente Domício Proença Filho, na posse da Diretoria/2017

A Diretoria da Academia Brasileira de Letras (ABL), presidida pelo Acadêmico Domício Proença Filho, reeleita no dia 1º de dezembro para o exercício de 2017, tomou posse em cerimônia no Salão Nobre do Petit Trianon, na quinta-feira, dia 15 de dezembro, às 17 horas.

O ano de 2017 prenuncia a continuidade superlativa destes tempos de aspereza e de inusitadas e apaixonadas radicalizações. É, a propósito, sempre oportuno lembrar a advertência da sabedoria grega: as paixões são causa de desgraça. E permito-me acrescentar: problemas se resolvem, polarizações apaixonadas em nada contribuem para as soluções exigidas pelo impasse e costumam ser nutrientes do autoritarismo. Esta Casa, para felicidade e tranquilidade geral, singulariza-se pelo cultivo do bom convívio entre a convergência e a divergência. E continuará fiel, é minha crença, a esse norte de equilíbrio democrático”, afirmou Domício Proença Filho, em seu discurso na posse da Diretoria da ABL.

Foram reconduzidos a seus cargos, além do Acadêmico e professor Domício Proença Filho, os seguintes Diretores: Secretária-Geral, Acadêmica e escritora Nélida Piñon; Primeira-Secretária, Acadêmica e escritora Ana Maria Machado; Segundo-Secretário, Acadêmico e jornalista Merval Pereira; e Tesoureiro, Acadêmico, poeta e tradutor Marco Lucchesi.

Somos navegantes de uma mesma nave. Cumpre-nos, a todos e a todas, nos unirmos na condução que garante a fidelidade ao seu destino, em especial em momentos tormentosos, privilegiada, como é próprio da melhor tradição da Casa de Machado de Assis, a prevalência da Instituição sobre os interesses pessoais. Essa a nossa herança, essa a nossa responsabilidade”, concluiu Domício Proença Filho.

15/12/2016

Vídeos relacionados