Início > Abl > Cgi > Cgilua.exe > Sys > Antonio Carlos Secchin > Antonio Carlos Secchin

Biografia

Sétimo ocupante da Cadeira nº 19, eleito em 3 de junho de 2004, na sucessão de Marcos Almir Madeira e recebido em 6 de agosto de 2004 pelo acadêmico Ivan Junqueira.

Antonio Carlos Secchin nasceu no Rio de Janeiro em 10 de junho de 1952. Filho de Sives Secchin e de Victoria Regia Fuzeira Secchin. Até os seis anos morou em Cachoeiro de Itapemirim. Desde 1959 reside no  Rio de Janeiro.

Formação e experiência profissional

É Doutor em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1982). Professor de Literatura Brasileira das Universidades de Bordeaux, (1975-1979), Roma (1985), Rennes (1991), Mérida (1999) Paris III-Sorbonne Nouvelle (2009) e da Faculdade de Letras da UFRJ, onde foi aprovado (1993), por unanimidade, com nota máxima, em concurso público para professor titular. Na carreira docente, foi diversas vezes eleito paraninfo e  patrono dos formandos. Orientou 26 dissertações de mestrado e 18 teses de doutorado. Ministrou 50 cursos de pós-graduação, no país e no exterior. Em 2013, tornou-se professor emérito da UFRJ.

Conferências, palestras, mesas-redondas e comunicações

Proferiu 461  palestras, em sua maioria versando sobre temas de literatura e cultura brasileira, no Brasil e nos seguintes países: Argentina, Cuba, Espanha, Estados Unidos, França, Israel, Itália, México, Portugal e Venezuela.

Editorias e conselhos científicos e editoriais

Membro de 46 editorias ou conselhos, no Brasil e no exterior, sobretudo de periódicos de investigação literária.

Prêmios literários

Total de 16 prêmios nacionais, destacando-se: 1.o lugar, categoria “ensaio”, do Instituto Nacional do Livro (1983); Prêmio Sílvio Romero, da Academia Brasileira de Letras, 1985, ambos para João Cabral: a Poesia do Menos; Prêmio Alphonsus de Guimaraens, da Fundação Biblioteca Nacional (2002); Prêmio de Poesia da Academia Brasileira de Letras (2003); Prêmio Nacional do PEN Clube do Brasil (2003), atribuídos a Todos os Ventos como melhor livro de poesia.

Distinções

–   Membro Titular de PEN Clube do Brasil(1995);

–   Medalha Cruz e Sousa, do Governo de Santa Catarina (1998);

–   Medalha João Ribeiro, da União Brasileira de Escritores (1999);

–   Medalha Carlos Drummond de Andrade, da União Brasileira de Escritores (2002);

–   Membro Honorário da Academia Cachoeirense de Letras, Cachoeiro de Itapemirim (2004);

–   Medalha do Mérito da Imprensa de Pernambuco, da Associação da Imprensa de Pernambuco (2005).

–   Benemérito do Real Gabinete Português de Leitura, Rio de Janeiro (2008).

–   Medalha Jorge Amado, no Jubileu de Ouro da União Brasileira de Escritores-RJ (2008).

–   Membro Correspondente da Academia de Letras da Bahia (2009)

–   Diploma de Mérito Cultural da Academia Brasileira de Filologia (2011)

–   Membro efetivo da Academia Carioca de Letras (2011)

–   Medalha de Oficial da Ordem de Rio Branco, outorgada pelo Ministério das Relações 

–   Exteriores (2011)

–  Troféu Integração, Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), São Paulo, 2014

–  Sócio Correspondente da Academia de Ciências de Lisboa, 2017

Última atualização em 18/07/2017.