Início > Artigos

Artigos

  • Crivella, o nosso Trump

    O Globo, em 24/02/2018

    A diferença é que o presidente americano usa o Twitter, que limita suas fake news diárias a 140 caracteres, e o nosso prefeito não tem limites para as suas piadas. 

  • Fontes do desassossego

    O Globo, em 21/02/2018

    Jovens bandidos não se contentam mais em roubar. O prazer maior é proporcionado pelo sadismo com que agridem, espancam e até matam sem qualquer motivação.

  • Não Perca seu Latim

    Revista Comunità Italiana, em 21/02/2018

    Tenho especial ligação com esee livro, desde o fim da minha adolescência, quando me entregava, com rigor e apetite autodidata, aos encantos do latim. E o fato não se limitava a uma serie de saltos mortais, ou carpados, exigidos pela gramática, árdua e fascinante, bem entendido. Buscava os rastros de um mundo novo, fruto do intocável frescor de que goza a antiga juventude dos deuses. Língua e literatura mostravam-se para mim, desde então, como conjuntos indissolúveis, que não se podiam afastar sob um método esquizolinguístico. Sentia-me bem com o livro Urbis et orbis lingua, de Vittorio Tantucci, que aprofundava os volumes de nossa conhecida Ars latina, em paralelo com a leitura dos clássicos.  

  • Intervenção e educação

    Diário da manhã (GO), em 21/02/2018

    Se­ria uma co­var­dia ino­mi­ná­vel fu­gir ao de­ba­te so­bre a si­tu­a­ção de vi­o­lên­cia em que se en­con­tra o Rio de Ja­nei­ro. Nos úl­ti­mos tem­pos não há bair­ro li­vre da ação de ban­di­dos, na­tu­ral­men­te es­ti­mu­la­dos pe­los exem­plos que vêm de ci­ma, co­mo de­mons­tra a ope­ra­ção La­va-Ja­to. Por is­so mes­mo, a nos­sa ex­pe­ri­ên­cia de mais de 60 anos de ati­vi­da­des na edu­ca­ção nos le­va a acres­cen­tar al­guns co­men­tá­rios à de­ci­são pre­si­den­ci­al de de­cre­tar a in­ter­ven­ção fe­de­ral na se­gu­ran­ça do Rio de Ja­nei­ro, com o pra­zo li­mi­ta­do até 31 de de­zem­bro de 2018. Se­rá que é su­fi­ci­en­te pa­ra ob­ter re­sul­ta­dos fa­vo­rá­veis?

  • Uma crise sem fim

    O Globo, em 19/02/2018

    Nos países desenvolvidos fala-se hoje em Quarta Revolução Industrial (4.0). São novas tecnologias que integrarão os domínios físicos, digitais e biológicos, o que naturalmente irá modificar o panorama das escolas em todos os graus. O que vai acontecer na escola de 2019 só Deus sabe...
     

  • Poder de polícia x soft power

    O Globo, em 17/02/2018

    O sucesso da atuação das Forças Armadas no comando da Missão das Nações Unidas para a estabilização do Haiti (Minustah), que se encerrou no ano passado ao completar 13 anos, faz com que uma ação semelhante nas favelas brasileiras, especialmente no Rio, seja considerada possível.

  • O poder do exemplo

    O Globo, em 17/02/2018

    Gravidade do desacato à lei aumenta quando praticada por quem é alvo da admiração coletiva. Ídolo vira um modelo pernicioso.

  • Pra tudo começar na quarta-feira

    O Globo, em 14/02/2018

    Se 2018 só tivesse o ‘caso Lula’ como desfecho indefinido, já daria dor de cabeça suficiente. Mas há outras incógnitas. O que vai acontecer com a reforma da Previdência?.

  • A vitória dos vencidos

    O Globo, em 10/02/2018

    Meu espaço é insuficiente para contar o que aconteceu com as três derrotas injustas da Beija-Flor, duas da Portela e da Mocidade e uma cada de Império, Ilha e Tijuca.

  • De volta para o futuro

    O Globo, em 09/02/2018

    A história brasileira anda muito repetitiva, o que a transforma em farsa com facilidade. E não apenas pelas semelhanças desta eleição com a de 1989, de que tanto já se falou e que o senador Collor, apresentando-se como candidato, só reforçou.

  • Huck vai a FH

    O Globo, em 08/02/2018

    A fragilidade da candidatura à presidência da República do governador de São Paulo Geraldo Alckmin pelo PSDB faz com que cresçam as pressões para que o apresentador Luciano Huck volte à liça eleitoral. Ele hoje tem uma conversa com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em São Paulo que será fundamental para uma decisão final até depois do Carnaval.

  • O Diabo e a Carne

    O Globo, em 07/02/2018

    Não posso dissociar Carlos Heitor Cony de meu antigo professor do Salesianos, em Niterói, José Inaldo Alonso. Foi este quem me levou ao romance “Pilatos, fascinado pelo estranho rumor de suas palavras.