Início > Noticias > João Emanuel Carneiro faz na ABL a palestra de encerramento do ciclo “Teledramaturgia: a reinvenção de um gênero”

João Emanuel Carneiro faz na ABL a palestra de encerramento do ciclo “Teledramaturgia: a reinvenção de um gênero”

A Academia Brasileira de Letras encerrou o ciclo de conferências “Teledramaturgia: a reinvenção de um gênero”, com palestra do roteirista e escritor João Emanuel Carneiro, intitulada A virada do jogo, sob coordenação-geral da Acadêmica e escritora Ana Maria Machado e coordenação do Acadêmico e jornalista Zuenir Ventura. O evento aconteceu na terça-feira, dia 27 de setembro, às 17h30min, no Teatro R. Magalhães Jr., Avenida Presidente Wilson 203, Castelo, Rio de Janeiro. Entrada franca.

Foram fornecidos certificados de frequência.

Saiba mais:

João Emanuel Carneiro começou, aos 14 anos, como roteirista de histórias em quadrinhos, colaborando com o cartunista Ziraldo. Aos 22 anos, foi premiado como roteirista do curta-metragem Zero a Zero e optou definitivamente por essa profissão. Também colaborou nos roteiros de filmes como Central do BrasilO Primeiro DiaCronicamente InviávelOrfeuDeus é brasileiro e Castelo Rá-Tim-Bum.

Na TV, trabalhou com Maria Adelaide Amaral nas minisséries A MuralhaOs Maias, e, com Euclydes Marinho, na novela Desejos de Mulher. A primeira novela como autor titular foi Da Cor do Pecado, na qual contou com supervisão de texto do novelista https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADlvio_de_AbreuSilvio de Abreu.

Em 2006, escreveu Cobras & Lagartos. Supervisionou, em 2009, sua primeira novela, Cama de Gato. Lançou, logo depois, o livro de crônicas Disse me disse. João Emanuel Carneiro é filho da escritora, antropóloga e crítica de arte Lélia Coelho Frota.

21/09/2016

Notícias relacionadas

Vídeos relacionados