Início > Noticias > Antonin Artaud é tema, na ABL, da conferência de Ana Kiffer, na segunda palestra do ciclo ‘Literatura e loucura’

Antonin Artaud é tema, na ABL, da conferência de Ana Kiffer, na segunda palestra do ciclo ‘Literatura e loucura’

A escritora, doutora em Letras, professora e pesquisadora Ana Kiffer fez, na Academia Brasileira de Letras, a segunda palestra – Antonin Artaud, o exemplo anômalo – do ciclo de conferências do mês de maio de 2018, intitulado Literatura e loucura, sob coordenação do Acadêmico e romancista Antônio Torres. O evento aconteceu quinta-feira, dia 10 de maio, no Teatro R. Magalhães Jr.

Foram fornecidos certificados de frequência.

A Acadêmica e escritora Ana Maria Machado, Primeira-Secretária da ABL, é a Coordenadora-Geral dos ciclos de conferências de 2018.

Ana Kiffer apresentou um pequeno resumo de sua palestra: “Parte da obra de Antonin Artaud (1896-1948) buscando mostrar e discutir como esse autor encenou alguns dos pilares acerca da relação entre a literatura e a loucura da modernidade ao contemporâneo, quais sejam: (1) a potência desorganizadora do que não faz sentido; (2) a relação entre a entrada do corpo e a perda de si na literatura; (3) a literatura como patrimônio [imaterial?] das dores e das mortes do mundo; (4) violência, exclusão e loucura”.

As outras duas palestras do mês de maio serão proferidas pelo professor Roberto Corrêa dos Santos (O abismo e o obstáculo: observações pontuais de Clarice Lispector, Virginia Woolf e Jacques Rivière sobre a [lou][cura]), dia 17; e o jornalista e tradutor Eric Nepomuceno (Horacio Quiroga e seus contos de amor, de loucura e de morte), dia 24. Sempre às quintas-feiras, às 17h30min, no Teatro R. Magalhães Jr, da ABL.

 

A CONFERENCISTA

Escritora, doutora em Letras pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2002) e doutorado Bolsa Sandwich Capes - Université de Paris VII - Denis Diderot (1998-2000), Ana Kiffer lecionou Literatura e Cultura Brasileira na Universidade de Salamanca (Espanha-2001). Atualmente, é professora Associada (40h) da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, tendo sido, de 2008 a 2010, Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Letras dessa Universidade.

Ana Kiffer foi eleita, em 2007, Directeur de Programme no Collège International de Philosophie (França) por seis anos consecutivos. Em 2008/09, obteve a concessão de um Acordo de Cooperação Internacional com a França, Capes-Cofecub, onde atuou como coordenadora brasileira do Convênio com a Universidade de Paris VII. De 2012 a 2016, coordenou o Instituto de Estudos Avançados em Humanidades da PUC-Rio/CTCH. Vem atuando, principalmente, nos seguintes temas: corpo, escrita, literatura, artes, política e memória. No escopo dessas questões, orientou muitas dissertações de mestrado e teses de doutorado, além de pesquisas de iniciação científica.

É especialista na obra do escritor francês Antonin Artaud e sua pesquisa vem versando sobre as relações entre corpo e escrita. Ganhou, em 2009, a Bolsa de Jovem Cientista do nosso Estado (Faperj) com uma pesquisa inédita sobre as relações entre a fome e a literatura. E, em 2010/11, a Bolsa de Produtividade do CNPq, que mantém até hoje, agora com uma pesquisa sobre a escrita de cadernos de artistas, escritores e intelectuais.

Recentemente publicou os livros Antonin Artaud (Eduerj, 2016); A Perda de si [organização, seleção e tradução de Cartas de Antonin Artaud] (Rocco, 2017); Tiráspola e Desaparecimentos [poesia] (editora Garupa, 2017); A punhalada [poesia] (7Letras, 2016, coleção Megamini); e as coletâneas Sobre o Corpo (7Letras, 2016), Expansões Contemporâneas – literatura e outras formas (UFMG, 2014), e Experiência e Arte Contemporânea (Ed. Circuito, 2013).

Possui inúmeros capítulos de livro publicados em diferentes editoras no Brasil e no exterior, além de artigos em revistas nacionais e internacionais, tais como Alea (UFRJ), Remate de Males (Unicamp), Cerrados (UNB), Ipostesi (UFJF), Comunicação e Política (Cebela), Lugar Comum (UFRJ), Revista Vazantes (Universidade Federal do Ceará), Revue Europe (França), Literatura d’America (Sapienza, Università di Roma), Textuel (Université de Paris VII), além de assinar mensalmente a Coluna literária Geopolítica dos Afetos na Revista Pessoa (revista luso-brasileira).

04/05/2018

Notícias relacionadas

Vídeos relacionados