Início > Acadêmicos > Celso Lafer > Celso Lafer

Bibliografia

Livros

O Judeu em Gil Vicente. São Paulo: Conselho Estadual de Cultura, 1963.

The Planning Process and the Political System in Brazil; a study of Kubitschek’s target plan, 1956-1961. Cornell University, Latin American Studies Program – Dissertation Series n.º 16, June/1970. Edição brasileira: JK e o Programas de Metas (1956-1961) – Processo de planejamento e sistema político no Brasil. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2002 (com nova apresentação e um apêndice).

O Sistema Político Brasileiro, Estrutura e Processo. São Paulo: Ed. Perspectiva, 1975.

Comércio e Relações Internacionais. São Paulo: Ed. Perspectiva, 1977.

O Convênio do Café de 1976: Da Reciprocidade no Direito Internacional Econômico. São Paulo: Ed. Perspectiva, 1979.

Gil Vicente e Camões. São Paulo: Ed. Ática, 1978. Edição em espanhol de El problema de los valores en "Los Lusíadas”: elementos para el estudio de la cultura portuguesa del siglo XVI. Universidad Nacional Autónoma de México, 1978. Série Cuadernos.

Hannah Arendt: Pensamento, Persuasão e Poder. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979. 2.ª ed., rev. e ampl., São Paulo: Paz e Terra, 2003.

Hobbes, o Direito e o Estado Moderno. São Paulo: Associação dos Advogados de São Paulo, 1980.

Ensaios sobre a Liberdade. São Paulo: Ed. Perspectiva, 1980.

Paradoxos e Possibilidades (Estudos sobre a Ordem Mundial e sobre a Política Exterior do Brasil num Sistema Internacional em Transformação). Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1982.

O Brasil e a Crise Mundial (Paz, Poder e Política Externa). São Paulo: Ed. Perspectiva, 1984.

A Reconstrução dos Direitos Humanos (Um diálogo com o pensamento de Hannah Arendt). São Paulo: Companhia das Letras, 1988. Idem em espanhol, México: Fondo de Cultura Económica, 1994.Última reedição, São Paulo:Cia das Letras, 2009.

Ensaios Liberais. São Paulo, Siciliano, 1991. Tradução em espanhol, edição ampliada, México: Fondo de Cultura Económica, 1993.

Política Externa Brasileira: Três Momentos. Papers n.º 4. São Paulo: Fundação Konrad Adenauer-Stiftung, 1993.

A Inserção Internacional do Brasil – A gestão do Ministro Celso Lafer no Itamaraty. Brasília: MRE, 1993.

Desafios – Ética e Política. São Paulo: Siciliano, 1995.

A OMC e a Regulamentação do Comércio Internacional: uma visão brasileira. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 1998.

DOCUMENTOS – Desenvolvimento, Indústria e Comércio. São Paulo: FIESP/Instituto Roberto Simonsen, 1999. (Relatório da gestão Celso Lafer no Ministério do Desenvolvimento, da Indústria e do Comércio.)

Comércio, Desarmamento, Direitos Humanos – Reflexões sobre uma experiência diplomática. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

A Identidade Internacional do Brasil e a política externa brasileira: passado, presente, futuro. São Paulo: Ed. Perspectiva, 2001. Edição em espanhol, com novo prólogo, Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, 2002. 2.ª edição, revista e ampliada, São Paulo: Ed. Perspectiva, 2004.

Mudam-se os Tempos – Diplomacia Brasileira 2001-2002, vol. I e vol. II. Brasília: FUNAG/IPRI, 2002.

A Internacionalização dos Direitos Humanos – Constituição, Racismo e Relações Internacionais. Barueri, SP: Manole, 2005.

Co-autoria e organização de obras

Signos em Rotação. Coletânea de ensaios de Octavio Paz. Organizador, com Haroldo de Campos. São Paulo: Ed. Perspectiva, 1972.

Argentina e Brasil no Sistema de Relações Internacionais. Em co-autoria com Felix Peña. São Paulo: Duas Cidades, 1973. Tradução em espanhol, Buenos Aires: Ed. Nueva Visión, 1973.

Esboço de Figura: homenagem a Antonio Candido. Organizador. São Paulo: Duas Cidades, 1979.

Discursos Parlamentares/Horácio Lafer. Seleção e introdução. Brasília: Câmara dos Deputados, Coordenação de Publicações, 1988. (Perfis Parlamentares; 38)

Direito Política Filosofia Poesia – Estudos em homenagem ao Professor Miguel Reale no seu octogésimo aniversário. Organizador, com Tércio Sampaio Ferraz Jr. São Paulo: Saraiva, 1992.

Horácio Lafer, Democracia, Desenvolvimento e Política Externa. Organizador, com Carlos Henrique Cardim. Brasília: FUNAG/IPRI, 2002.

Judeus e Judaísmo na obra de Lasar Segall. Em co-autoria com Maria Luiza Tucci Carneiro. Cotia, SP: Ateliê Editorial, 2004.

A Presença de Bobbio – América Espanhola, Brasil, Península Ibérica. Em co-autoria com Alberto Filippi. São Paulo: Editora UNESP, 2004. Versão ampliada, em espanhol, El pensamiento de bobbio en la cultura iberoamericana. Buenos Aires: Siglo XXI Editores, Argentina, 2005.

Prefácios e textos recentes

José Guilherme Merquior: O Problema da Legitimidade em Política Internacional, in Celso Lafer, Rubens Ricupero, Marcos Castrioto de Azambuja, Luiz Felipe de Seixas Corrêa, Gelson Fonseca Jr., José Guilherme Merquior, Diplomata, Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão, 1993, pp. 9-14.

Prólogo a Tercera Cumbre Iberoamericana – Salvador, Brasil, julio 1993 – Discursos y documentos. México: Fondo de Cultura Económica, 1994, pp. VII-XXIV.

Prefácio a BOBBIO, Norberto. O Tempo da Memória – De Senectute e outros escritos autobiográficos. Rio de Janeiro: Ed. Campus, 1997, pp. vii-xxix.

Prefácio a FONSECA Jr., Gelson. A Legitimidade e outras Questões Internacionais – Poder e Ética entre as Nações. São Paulo: Paz e Terra, 1998, pp. 9-25.

Prefácio a PERRONE-MOISÉS, Cláudia. Direito ao Desenvolvimento e Investimentos Estrangeiros. São Paulo: Oliveira Mendes, 1998, pp. ix-xiii.

Reflexões sobre o historicismo axiológico de Miguel Reale e os direitos humanos no plano internacional. O pensamento de Miguel Reale – Actas do IV Colóquio Tobias Barreto. Viana do Castelo: Câmara Municipal, 1998, pp. 167-174.

Prefácio a CALVET DE MAGALHÃES, José. Breve História das Relações Diplomáticas entre Brasil e Portugal. São Paulo: Paz e Terra, 1999, pp. 9-23.

Prefácio a FLUSSER, Vilém. A Dúvida. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1999, pp. 5-16.

Prefácio a DANESE, Sérgio. Diplomacia Presidencial. Rio de Janeiro: Topbooks, 1999, pp. 13-17.

Sua palavra se ajustava à criação e à crítica. A palavra inquieta: homenagem a Octavio Paz. Maria Esther Maciel (organizadora). Belo Horizonte: Autêntica: Memorial da América Latina, 1999, pp. 15-17.

Prefácio a VARGAS GARCIA, Eugênio. O Brasil e a Liga das Nações (1919-1926). Porto Alegre/Brasília: UFRGS/FUNAG, 2000, pp. 7-20.

Sobre a correspondência de Hannah Arendt, in Prezado Senhor, Prezada Senhora, org. Walnice Nogueira Galvão e Nádia Battella Gotlib. São Paulo: Companhia das Letras, 2000, pp. 121-128.

Uma análise da trajetória e do perfil intelectual de Hélio Jaguaribe, in Estudos em homenagem a Hélio Jaguaribe, org. Alberto Venancio Filho, Israel Klabin e Vicente Barreto. São Paulo: Paz e Terra, 2000, pp. 77-88.

Miguel Reale – 90 anos, in Revista Brasileira de Filosofia, vol. L, fasc. 200. São Paulo: Intituto Brasileiro de Filosofia, outubro-novembro-dezembro 2000, pp. 417-422.

Ética e política: uma reflexão sobre o percurso de André Franco Montoro, in Ensaios em Homenagem a Franco Montoro – Humanismo e Política. Lafayette Pozzoli e Carlos Aurélio Mota de Souza, organizadores. São Paulo: Ed. Loyola, 2001, pp. 79-85.

Prefácio a CONY, Carlos Heitor e LAMARÃO, Sérgio. Wolff Klabin: a trajetória de um pioneiro. Rio de Janeiro: FGV, 2001, pp. 12-23.

Reflexões sobre uma gestão, Política Externa, vol. 11, n.º 4, São Paulo: Paz e Terra, março-abril-maio, 2003, pp. 111-137.

Relações Brasil-Portugal: passado, presente, futuro, Incertas Relações, Benjamim Abdala Junior (organizador), São Paulo: Editora Senac, 2003, pp. 69-98.

Apresentação a BOBBIO, Norberto. A Era dos Direitos (nova edição). Tradução de Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro: Campus, 2004.

“Kant e a Razão Abrangente da Humanidade no Percurso de Sérgio Vieira de Mello”, in Sérgio Vieira de Mello: Pensamento e Memória, organizador Jacques Marcovitch. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo-EDUSP/Editora Saraiva, 2004, pp. 27-34.

Prefácio a BURITY, Tarcísio de Miranda. Estudos Jurídicos, Sociológicos e Literários. João Pessoa: Textoarte Editora, 2005, pp. 5-15.

O prazer da palavra e a escrita justa: sobre o percurso de Haroldo de Campos, in Céu acima – para um “tombeau” de Haroldo de Campos, Leda Tenório da Motta (org.). São Paulo: Editora Perspectiva, 2005, pp. 113-117.

O público e o privado: suas configurações contemporâneas para a temática dos arquivos, in Documentos Privados de Interesse Público – o acesso em questão. São Paulo: Instituto Fernando Henrique Cardoso, 2005, pp. 33-49.

Mario Losano: sua contribuição para o estudo de Tobias Barreto, in Revista Brasileira de Filosofia, fasc. 217. São Paulo: Instituto Brasileiro de Filosofia, janeiro-fevereiro-março 2005, vol. LIV, pp. 33-52.

A internacionalização dos Direitos Humanos: o desafio do direito a ter direitos, in Filosofia e Direitos Humanos, Odilio Alves Aguiar, Celso de Moraes Pinheiro, Karen Franklin (orgs.). Fortaleza: Editora UFC, 2006, pp. 13-32.

Bobbio e o Holocausto, in Revista CULT, n.º 104. São Paulo: Editora Bregantini, julho/2006, pp. 52-56.

Miguel Reale 1910-2006 – uma homenagem. Revista Brasileira de Filosofia, fasc. 222. São Paulo: Instituto Brasileiro de Filosofia, abril-maio-junho 2006, vol. LX, pp. 257-271.

Prefácio a Piovesan, Flávia. In Direitos Humanos e Justiça Internacional: Um estudo comparativo dos sistemas regionais europeu, interamericano e africano. São Paulo: Saraiva, 2006, pp. IX-XXII.

Apresentação: “Aquarelas de Segall: olhar sereno, olhar aflito, múltiplos olhares”. In Aquarelas de Segall: olhar sereno, olhar aflito, múltiplos olhares. São Paulo: Museu Lasar Segall, IPHAN-MINC, Primavera de 2006, pp. 10-21.

“Experiência, ação e narrativa: reflexões sobre um curso de Hannah Arendt”. In Estudos Avançados, vol. 21, nº 60, Universidade de São Paulo, Instituto de Estudos Avançados - IEA, São Paulo, maio/agosto 2007, pp. 289-304.

Hannah Arendt e Norberto Bobbio – uma proposta de aproximação”. In Hannah Arendt e A condição humana. Adriano Correia (Org.). Salvador: Quarteto, 2006, pp. 11-34.

“Apresentação à edição brasileira” de Bobbio, Norberto, Da estrutura à função: novos estudos de teoria do direito, prefácio de Mario Losano, tradução de Daniela Beccaccia Versiani, consultoria técnica de Orlando Seixas Bechara. Barueri, SP: Manole, 2007, pp. LI-LVII.

“José Veríssimo: Brasil, América Latina e EUA – Observações sobre um Tema de João Alexandre Barbosa”. In João Alexandre Barbosa: O Leitor Insone. Plínio Martins Filho e Waldecy Tenório (organizadores). São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2007, pp. 95-109.

Introdução ao livro: Lasar Segall (1891-1957): Corpo presente - a convicção figurativa na obra de Lasar Segall. Rio de Janeiro: Pinakotheke, outubro 2007, pp. 20-23.

Prefácio ao livro de Lupi, André Lipp Pinto Basto - Os Métodos no Direito Internacional. São Paulo: Lex Editora, 2007, pp. 11-18.

Democracia e relações internacionais: o cenário contemporâneo e as reflexões de Bobbio”. In Fronteiras do Pensamento: retratos de um mundo complexo. Organizadores: Fernando Schüler, Gunter Axt e Juremir Machado da Silva. São Leopoldo: Editora UNISINOS, 2008, pp. 337-348.

“Direitos Humanos em Hannah Arendt – Considerações sobre as Fontes Materiais da Declaração Universal de 1948”. In Revista Justitia, ano 65, vol. 198. São Paulo: Ministério Público de São Paulo, Procuradoria-Geral de Justiça, Associação Paulista do Ministério Público, 1º semestre 2008, pp. 111-115.

Prefácio ao livro de Camila de Jesus Mello Gonçalves – Princípio da Boa-Fé: Perspectivas e aplicações. Rio de Janeiro: Campus/Elsevier, 2008, pp. XI-XII.

“Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948)”. In História da Paz: os tratados que desenharam o planeta. Demétrio Magnoli (org.). São Paulo: Contexto, 2008, pp. 297-329.

Uma aproximação pertinente”. Comentário ao livro de Eduardo Jardim: A Duas Vozes – Hannah Arendt e Octavio Paz. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007. In Revista USP, nº 76, São Paulo, dezembro/fevereiro 2007-2008, pp. 169-171.

“A Declaração Universal dos Direitos Humanos – Sua Relevância para a Afirmação da Tolerância e do Pluralismo”. In A Declaração Universal dos Direitos Humanos – Sessenta Anos: Sonhos e Realidades. Maria Luiza Marcílio (org.). São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2008, pp. 27-43.

Prefácio ao livro de Tatiana Lacerda Prazeres - A OMC e os Blocos Regionais. São Paulo: Aduaneiras, 2008, pp. 11-19.

“Depoimento do Ministro Celso Lafer”. In Solução de Controvérsias: O Brasil e o Contencioso na OMC: Tomo I. Maria Lúcia Labate Mantovanini Padua Lima e Barbara Rosenberg (coordenadoras). São Paulo: Saraiva, 2009, pp. 28-46. Série GVlaw.

“Prefácio”. In José Gregori, Os Sonhos que Alimentam a Vida. Coordenação editorial de Orlando Maretti. São Paulo: Jaboticaba, 2009, pp. 15-28.

“Prefácio”. In Jacob Dolinger, Direito e Amor e outros temas. Rio de Janeiro: Renovar, 2009, pp. VII-XIV.

“Prefácio”. In Adriana Dantas, Subsídios agrícolas – regulação internacional. São Paulo: Saraiva, 2009, pp. 15-17

“Prefácio à Edição Brasileira – Bobbio e as Relações Internacionais”. In Norberto Bobbio, O Terceiro Ausente - Ensaios e Discursos sobre a Paz e a Guerra. Tradução: Daniela Beccaccia Versiani. Organização: Pietro Polito. Barueri: Manole, 2009, pp. IX-L.

“Prefácio”. In Roberto Salone, Irredutivelmente liberal: política e cultura na trajetória de Júlio de Mesquita Filho. São Paulo: Albatroz Editora, 2009, pp. 29-57.

“Antonio Candido e a Faculdade de Direito”. In Literatura e Sociedade, Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, nº 11, São Paulo: USP/FFLCH/DTLLC, 2009, pp. 62-79.

“Prefácio”. In Jorge Amaury Maia Nunes, Segurança jurídica e súmula vinculante. São Paulo: Saraiva, 2010, pp. IX-XII. (Série IDP)

“Prefácio”. In Elival da Silva Ramos, Ativismo Judicial: parâmetros dogmáticos. São Paulo: Saraiva, 2010, pp. 11-17.

“FHC: o intelectual como político”. In Democracia, crise e reforma. Organizadores: Maria Angela D’Incao e Hermínio Martins. São Paulo: Paz e Terra, 2010, pp. 61-92.

Textos recentes publicados em outras línguas

Inglês

Brazilian International Identity and Foreign Policy: Past, Present and Future, Daedalus, vol. 129, n. 2 (Spring) 2000, pp. 207-238.

Isaiah Berlin and Hannah Arendt. Hannah Arendt Newsletter, n. 1 (April) 1999, pp. 19-24.

The role of WTO in International Trade Regulation, in Philip Rutley, Iain Mac Vay, Carl George (edit.). The WTO and International Trade Regulation. London: Cameron May, 1998, pp. 33-61.

José G. Merquior, 1941-1991. Liberalism in Modern Times - Essays in Honour of José G. Merquior. Edited by Ernest Gellner and César Cansino. London, Central European University Press, 1996, pp. 213-217.

The World Trade Organization Dispute Settlement System (Gilberto Amado Memorial Lecture). Geneva: United Nations, 1996.

Espanhol

Sobre la presencia de Bobbio en Brasil. El proceso de recepción de su obra jurídica y la importancia de su reflexión sobre los derechos humanos. In Política y Derecho – [Re]pensar a Bobbio. Lorenzo Córdova Vianello, Pedro Salazar Ugarte (coordinadores). México: Siglo Veintiuno Editores S.A. de C. V., 2005, pp. 149-166.

La legitimidad en la correlación entre derecho y poder: una lectura del tema inspirada en el tridimensionalismo jurídico de Miguel Reale. Anuario de Filosofía Jurídica y Social,2001,v.21. Buenos Aires: Abeledo Perrot, 2002, pp. 93-104.

Una relación estratégica. Archivos del Presente, año 7, n. 25. Buenos Aires: Fundación Foro del Sur, Julio-Agosto-Septiembre 2001, pp. 85-96.

La problematica argentina/brasileña, Archivos del Presente, año 2, n. 8 (abril-mayo-junho) 1997, pp. 59-75.

Brasil y el nuevo escenário mundial. Archivos del Presente, año 1, n. 3 (verano) 95-96, pp. 61-80.

Haroldo de Campos/Celso Lafer – Conversaciones sobre Octavio Paz, Cuadernos Hispano-Americanos, 558 (deciembre) 1996, pp. 7-27.

Dilemas de América Latina en un mundo en transformación, in Horácio Costa (compilador), Estudis Brasileños. México: UNAM, 1994, pp. 57-76.

Democracia y Relaciones Internacionales. Las Contribuciones de Bobbio”, in Norberto Bobbio y Argentina. Los desafios institucionales de la democracia integral. Direção e introdução de Alberto Filippi. Epílogo de Luigi Ferrajoli, 1ª ed., Buenos Aires, La Ley: Faculdad de Derecho, UBA, Ministerio de Educación Ciencia y Tecnologia de la Nación Argentina, UNESCO, 2006, pp. 103-111.

“Bobbio y el Holocausto – Un capítulo de su reflexión sobre los derechos humanos: el texto ‘Quindici anni dopo’ y sus desdobramientos”. In: DOXA, Cuadernos de Filosofía del Derecho, 28, San Juan de Alicante, Espanha: Departamento de Filosofía del Derecho, Universidad de Alicante, 2005, pp. 81-89.

“Experiencia, acción y narrativa. Reflexiones sobre un curso de Hannah Arendt”. In Revista de Occidente, nº 305, Madrid: Fundación José Ortega y Gasset, Octubre 2006, pp. 78-98.

“Hannah Arendt y Norberto Bobbio: una propuesta de aproximación”. In Anuario de Filosofía Jurídica y Social, dirigido por Martín Laclau, 1ª ed., v. 25, año 2005, Buenos Aires: Abeledo-Perrot, 2006, pp. 107-119.

Miguel Reale (1910-2006) - Profesor”. In Anuario de Filosofía Jurídica y Social 2006, dirigido por Martín Laclau, Buenos Aires, Abeledo-Perrot, v. 26, 2007, pp. 141-147.

Francês

Particularisme et universalité: le judaïsme dans l’œuvre de Lasar Segall, in Lasar Segall – Noveaux Mondes, org. Stephanie d’Alessandro. Paris: Musée d’art et d’histoire du Judaïsme, 2000, pp. 233-240.

Réflexions sur l’OMC lors du 50è anniversaire du système multilatéral commercial: L’impact d’un monde en transformation sur le Droit international économique. Journal du Droit International, n. 4 – Paris: Juris-Classéur Octobre-Novembre-Décembre, 125è année, 1998, pp. 931-944.

La reconstruction des Droits de l’homme: la contribution de Hannah Arendt, in Caloz-Tschopp M.-C ed. Hannah Arendt, le sans-État et le “droit d’avoir des droits”, vol. I, Paris: L’Harmattan, 1998, pp. 102-114.

Italiano

La democrazia di fronte al terrorismo transnazionale. In Gli squilibri del terrore – pace, democrazia e diritti alla prova del XXI secolo, a cura di Michelangelo Bovero ed Ermanno Vitale. Torino: Rosenberg & Sellier, 2006, pp. 169-179

Bobbio in Brasile. L’Opera di Norberto Bobbio – Itinerari di lettura. A cura di Valentina Pazé. Milano, Italy: Franco Angeli s.r.l., 2005, pp. 95-121.

La ricezione e l’eredità di Hannah Arendt. Teoria Politica, anno XVIII – n. 1/2002, Milano: Franco Angeli srl, pp. 141-151.

La soluzione delle controversie nell’OMC, in Società Italiana di Diritto Internazionale, Diritto e Organizzazione del Commercio Internazionale dopo la creazione della Organizzazione Mondiale del Commercio – Il Convegno – Milano 5-7 giugno 1997, Napoli, Editoriale Scientifica, 1998, pp. 279-287.

Le grandi tradizioni delle relazioni internationali, Globalismo, Localismo e processi di integrazione, Teoria Politica, vol. XIV, n. 1, 1998, pp. 3-11.